Belém e Região VERÃO DA GENTE

Mosqueiro tem alta de 50% em público e mantém tranquilidade nas praias e estradas

Por Por Selma Amaral

11/07/2021 às 21:30:00 - Atualizado h√°
Praias de Mosqueiro são muito procuradas pelas famílias no mês de julho

Mosqueiro viveu o segundo final de semana das férias escolares com alta de p√ļblico em 50% em rela√ß√£o à semana passada, mas n√£o registrou acidentes graves. De acordo com o major Luiz Roan, comandante do 30¬ļ Grupamento de Bombeiros Militar sediado na ilha, esse resultado positivo é reflexo das opera√ß√Ķes dos agentes de seguran√ßa p√ļblica, das abordagens sociais, fiscaliza√ß√£o da ordem p√ļblica e campanhas educativas de valoriza√ß√£o do meio ambiente, de combate ao preconceito, viol√™ncia doméstica e do trabalho infantil, além da coleta de lixo recicl√°vel realizada por cooperativa de moradores de Mosqueiro.

O funcionamento dos equipamentos redutores de velocidade, as chamadas "araras", na rodovia PA-391, de acesso a Mosqueiro, também est√° influenciando na baixa de sinistros de tr√Ęnsito.

A Opera√ß√£o Ver√£o da Gente é uma gigantesca for√ßa-tarefa envolvendo dezenas de órg√£os p√ļblicos sob a coordena√ß√£o da Prefeitura de Belém e o Governo do Estado do Par√°.


Ilha que é distrito da capital paraense é o principal destino dos veranistas

Mosqueiro é um dos locais mais procurados pelos veranistas nesta época do ano. Com o avan√ßo da vacina√ß√£o contra a covid-19 j√° alcan√ßando os nascidos em 1990 no munic√≠pio, a tend√™ncia é de crescimento da popula√ß√£o flutuante na ilha, em torno de cem mil pessoas. Outro fator levado em considera√ß√£o para justificar essa expectativa foi a mudan√ßa de amarelo para verde no bandeiramento do Decreto 800/2020, que flexibilizou ainda mais a presen√ßa de p√ļblico nas barracas, bares e restaurantes da Regi√£o Metropolitana de Belém. As festas, contudo, continuam proibidas. Uso de m√°scaras, √°lcool em gel e distanciamento seguem como critérios essenciais para funcionamento de todos os eventos p√ļblicos.

Movimenta√ß√£o – As praias de maior movimenta√ß√£o em Mosqueiro s√£o Farol, Murubira, Chapéu Virado, Ariramba, Para√≠so e Ba√≠a do Sol. A Pra√ßa da Matriz também registra grande fluxo de pessoas, neste segundo final de semana do veraneio 2021. S√£o fam√≠lias e visitantes que est√£o matando a saudade do local, conhecido pela tradi√ß√£o da gastronomia da Tapiocaria e das fam√≠lias que se re√ļnem para uma boa resenha.

No comércio em geral, o funcionamento também est√° grande nas feiras e mercados com abastecimento de frutas, pescado e carne. Uma feira com produtos "in natura" da agricultura familiar, montada na Pra√ßa de Carananduba, também oferece boas op√ß√Ķes de alimenta√ß√£o. Num shopping de confec√ß√£o e acessórios de praias, a expectativa dos expositores é de faturamento extra. "Nossa esperan√ßa é grande", disse L√ļcia da Silva Oliveira, que h√° 19 anos participa da Feira Moda de Ver√£o de Mosqueiro.

Para o setor da economia informal, a Ag√™ncia Distrital de Mosqueiro cadastrou para o m√™s de julho 129 trabalhadores e trabalhadoras. A distribui√ß√£o ocorreu nas √°reas do Chapéu Virado, Farol, Aeroporto, Porto Arthur, Ariramba, Para√≠so, Baia do Sol e Pra√ßa de Carananduba. Para o comércio rotativo foram autorizados trabalhadores no bairro do Maracaj√° e na avenida 16 de Novembro. O levantamento foi realizado pela coordenadora do Setor de Fiscaliza√ß√£o da Ag√™ncia Distrital, Benilda Paix√£o, em parceria com a Secretaria Municipal de Economia (Secom).

Al√≠vio – Para quem conseguiu um lugar, a hora é de trabalhar, pois, a procura foi muito grande, principalmente nos pontos mais disputados do balne√°rio. A jovem Weslayne dos Santos e o primo dela Wanderlan Rogério, moradores do bairro do Bengui, na capital, est√£o instalados num local privilegiado no cal√ßad√£o da praia do Farol.

"Estamos muito felizes porque o ver√£o em Mosqueiro é muito bom, é quando a gente consegue ganhar um dinheirinho, por que a crise ainda n√£o passou, entende"? A fam√≠lia da dupla enfrentou a pandemia com aux√≠lio emergencial. "Mas a gente também trabalha com pequenas vendas l√° em Belém", completou a jovem.

Para manter os servi√ßos de limpeza urbana, coleta de lixo doméstico e a fiscaliza√ß√£o do comércio ambulante, a Ag√™ncia Distrital de Mosqueiro refor√ßou as equipes com apoio das Secretarias Municipais de Economia (Secon) e de Urbanismo (Seurb). Os turnos de limpeza abrem às 5h da manh√£ e do de fiscaliza√ß√£o funcionam o dia inteiro nas barracas, feiras e mercados da ilha. As infra√ß√Ķes s√£o notificadas e encaminhadas aos setores competentes da Prefeitura de Belém.

Seguran√ßa – A seguran√ßa p√ļblica foi refor√ßada com grande contingente de policiais militares, civis, guardas municipais e Corpo de Bombeiros, que segundo o major Luiz Roan, est√° operando com 70 guarda-vidas espalhados em 12 praias e apoio de uma lancha, uma viatura de resgate e uma unidade de pronto atendimento médico. Até o momento, ainda segundo o major, os casos mais comuns s√£o de cortes no pé, crian√ßas perdidas, sinistros com linhas de pipas, entre outros. "Sobre a linha das pipas, temos um grande apoio de preven√ß√£o do Ministério P√ļblico porque essa pr√°tica é muito arriscada", destacou.

A Opera√ß√£o Ver√£o da Gente tem ainda sistema de monitoramento eletrônico com base montada na √°rea do caramanch√£o do Chapéu Virado. Segundo o coronel Mariuba, comandante do CPC da Pol√≠cia Militar, s√£o dezenas de c√Ęmeras espalhadas por √°reas estratégicas de Mosqueiro. "Todos os casos suspeitos s√£o imediatamente identificados", destaca a autoridade policial.

Divers√£o – O Ver√£o da Gente tem programa√ß√£o de lazer especial. No s√°bado, 10, abriu o evento de bem-estar com banho de contraste, yoga, dan√ßas circulares e lambaeróbica. A programa√ß√£o foi organizada pela Ag√™ncia Distrital de Mosqueiro com objetivo de melhorar a sa√ļde mental e do corpo dos participantes. "É uma programa√ß√£o que evidencia o projeto da terapeuta Julia Costa e das professoras Luciana Martins, Luciana Oliveira e da Leila Sousa, que j√° desenvolvem essa pr√°tica aqui na ilha", informa a agente distrital Vanessa Egla, que prestigiou o lan√ßamento das atividades.

O banho de contraste foi trazido de Santos, no litoral paulista, para Mosqueiro pela assistente social e estudante de Psicologia, Ana J√ļlia Costa. No s√°bado, 10, ela dirigiu o 15¬ļ banho com a tem√°tica da prosperidade, ressaltando que o ser humano é sempre duplo em suas escolhas entre o bom e o ruim e que o equil√≠brio advém das boas rela√ß√Ķes humanas, sa√ļde e a busca por conhecimentos que ajudam a desatrelar sentimentos e cren√ßas passadas que interferem nas a√ß√Ķes atuais das pessoas. "Podemos fazer essa busca em qualquer lugar, mas em conv√≠vio com a natureza, quando podemos receber as energias ancestrais, se torna mais leve", ensinou.

Para a aposentada Raimunda da Cruz Ribeiro, o banho lhe ajudou muito a superar momentos de ang√ļstias e desafios. "Eu fiquei ótima por que essa terapia melhorou meu lado emocional e f√≠sico, por isso, n√£o perco nenhum e estou aqui firme e forte", contou. Após, a terapia do banho, os participantes mergulham no relaxamento da pr√°tica de yoga, depois viajam pelo mundo dos ancestrais por meio das dan√ßas circulares e, por fim, caem na dan√ßa ao ritmo de muito axé retrô.

A programa√ß√£o Ver√£o da Gente segue na próxima semana, também com refor√ßo da Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel).

AGENDA/ADMOS

15/16/17 РBanho de Contraste, Yoga, Danças Circulares e Lamberobica

Hora – 6h30 às 10h

Local – Anfiteatro Chapéu Virado

AGENDA/SEJEL

13, 14, 15, 20, 21 e 22

Hora – 07h Caminhada com percurso do Murubira ao Chapéu Virado

07h – Gin√°stica Aeróbica (Pra√ßa da Matriz)

8h30 – Treinamento funcional – Praia do Farol

10h – Hidrogin√°stica – Praia do Farol

16h – Aul√£o de ritmos (Praia do Farol)

Fonte: Com Informa√ß√Ķes da Ag√™ncia Bel√©m
Comunicar erro
Portal Pará1

© 2021 Portal Pará1 - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal Pará1