Pelo Par√° Altamira

Justiça bloqueia bens de acusados de desviar mais de R$ 20 milhões da Prefeitura de Altamira

Por Pará1

12/05/2021 às 21:53:35 - Atualizado h√°

Justi√ßa bloqueou os bens de oito apontados por envolvimento em esquema que desviou mais de 20 milh√Ķes do AltaPrev, a entidade de previd√™ncia da Prefeitura de Altamira

S√£o eles: Domingos Juvenil, ex-prefeito de Altamira; Denise Aguiar, ex-secret√°ria de Saúde e ex-chefe de Gabinete; Renato Mengoni, ex-secret√°rio de Saúde; Ney Carvalho, ex-secret√°rio de Saúde; Roni Heck, vereador e ex-secret√°rio de Educa√ß√£o; M√°rcia Daniele, ex-secret√°ria de Educa√ß√£o; Fabiano Bernardo, ex-diretor da AltaPrev; e K√°tia Lopes, ex-secret√°ria de Saúde.

Em nota, Renato Mengoni disse que ainda n√£o teve acesso ao processo completo e que durante sua administra√ß√£o n√£o teve envolvimento em qualquer esc√Ęndalo.

Também por meio de nota, Fabiano Bernardo disse que est√° tomando medidas judiciais e que administrou a AltaPrev com transpar√™ncia.

Roni Heck se pronunciou por telefone e também falou pela esposa, M√°rcia Daniele. Roni informou n√£o ter sido notificado oficialmente.

Ney Carvalho informou que se sentiu surpreso e chamou a ação de injusta.

N√£o tivemos retorno de Denise Aguiar e K√°tia Lopes. A defesa de Domingos Juvenil informou que o ex-prefeito vai se manifestar em juízo e comprovar inoc√™ncia.

Fonte: TV Record Altamira

Comunicar erro
Portal Pará1

© 2021 Portal Pará1 - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal Pará1