Entretenimento MÚSICA

Cantora Paula Rufino lança álbum autoral ainda este ano

Por Selma Amaral

09/04/2021 às 20:31:00 - Atualizado há
Paula Rufino é de Capitão Poço, município da Região Nordeste do Pará.

A cantora Paula Rufino vai gravar ainda este ano um CD com composições autorais e interpretações de clássicos do gênero sertanejo raiz, do qual ela é fã desde criança. Animadíssima, Paula conta que a música transformou sua vida para melhor e vem colaborando positivamente nas suas relações profissionais e familiares. Atuando profissionalmente há dois anos, Paula quer avançar na carreira com aulas de canto e contratação do produtor para ajudá-la na construção da sua presença de palco, escolha do repertório e mensagens ao seu público. "Não podemos sair por ai falando tudo que vem à mente. Temos que deixar uma mensagem de otimismo, de alegria e esperança às pessoas", ensina.

Paula Rufino é de Capitão Poço, município da Região Nordeste do Pará. Ela vem a Belém toda semana gravar sua participação na Live do canal "Talentos da Amazônia", mas também atualizar seu próprio canal do YouTube, no qual, ela esbanja toda sua versatilidade, cantando todos os gêneros musicais que o mercado exige. "Não tem jeito, temos que cantar de tudo, passando pelo forró e pagode, mas o sertanejo é meu forte, meu gênero preferido porque eu cresci ouvindo minha mãe cantar alguns clássicos que mantenho até hoje, pois, sei que as pessoas também gostam", brinca.

Mãe de um casal de filhos, Paula começou a trabalhar muito cedo. Aos 16 anos, seu primeiro emprego foi como babá, depois atuou no comércio e seguiu o viés do empreendedorismo montando seu próprio negócio com vendas de roupas íntimas, cosméticos e acessórios de moda e beleza, atualmente, a cantora ainda faz bolos para encomendas. Aos filhos, ela dedicação toda atenção e amor. "Eles são meu porto seguro", confessa.

Livro – Além de cantora, Paula Rufino é poetisa, produtora de fotográfica, uma artista polivalente. Ela conta que este no vai lançar seu primeiro CD com músicas autorais e interpretações. O livro, segundo ela, ficará para 2022. Por enquanto, para driblar a crise provocada pela falta de shows presenciais, essa paraense de coração amazônico, dá exemplo de superação por meio da música. "A música mudou a minha vida. Sou muito grata a todas as pessoas que me ajudaram e continuam me ajudando na construção da minha carreira e de futuros show com mensagem de muita paz e amor".

Comunicar erro
Portal Pará1

© 2021 Portal Pará1 - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal Pará1