Par√° ARCEBISPO DE BEL√ČM

Acusado de abuso, Dom Alberto Taveira recebe apoio dos padres Marcelo Rossi e Fabio de Melo

Por Pará1

04/01/2021 às 19:40:01 - Atualizado h√°
Crédito: Divulgação

Novos detalhes foram revelados sobre o caso do arcebispo de Belém do Par√°, dom Alberto Taveira Corr√™a, investigado por suposto abuso sexual cometido contra ex-seminaristas na capital paraense. Quatro vítimas contaram que o arcebispo usou de seu poder eclesi√°stico para investidas sexuais n√£o consentidas em encontros privados. Dom Alberto é alvo de investiga√ß√£o da Polícia Civil, feita a pedido do Ministério Público, além de investiga√ß√£o do próprio Vaticano. Religiosos, padres e entidades, como a Renova√ß√£o Carism√°tica Católica (RCC) prestam solidariedade a dom Alberto.

Os depoimentos de quatro ex-seminaristas foram exibidos na noite desse domingo no programa Fant√°stico, da TV Globo. As vítimas tinham entre 15 e 18 anos, entre 2010 e 2014, quando os abusos teriam ocorridos. Segundo a denúncia, o arcebispo tinha encontros privados com pretendentes a padre no pal√°cio episcopal.

"Quando ele me tocou, na minha parte íntima, disse que aquilo ali era normal, coisa do homem. Mas, assim, eu n√£o via maldade, porque confiei muito, por ele ser uma autoridade, também n√£o tinha experi√™ncia. Mas aquilo foi se tornando j√° permanente e j√° mais agressivo. Ele j√° me recebia na porta e j√° ia logo pegando", conta um dos ex-seminaristas que fizeram a denúncia.

Após a produ√ß√£o da reportagem, a equipe procurou opini√Ķes a respeito do caso dentre lideran√ßas da Igreja Católica. Os padres Marcelo Rossi e F√°bio de Melo, prestaram solidariedade a dom Alberto Correia.

"Dom Alberto j√° me amparou muitas vezes. Eu gostaria que as minhas ora√ß√Ķes e o meu carinho fizessem o mesmo por ele, neste momento", disse o padre F√°bio de Melo ao Fant√°stico. "Nessa hora de combate, estamos juntos em ora√ß√£o", declarou o padre Marcelo Rossi. Por conta das declara√ß√Ķes, os padres foram alvo de críticas nas redes sociais na noite de domingo e nesta segunda-feira, 4.

Dom Alberto Taveira Corr√™a é assessor eclesi√°stico da Renova√ß√£o Carism√°tica Católica (RCC) e autor de diversos livros sobre a espiritualidade carism√°tica e sobre a igreja. O arcebispo participou em 2019 do Sínodo da Amazônia.

Reposta da Arquidiocese

A Arquidiocese Metropolitana de Belém do Par√° divulgou nota na noite desse domingo, 03, a respeito do caso envolvendo dom Alberto Taveira Corr√™a. Segundo a arquidiocese, a investiga√ß√£o corre em segredo de Justi√ßa e acredita que prevalecer√° a verdade.

"Este é o momento de renovar o nosso senso de comunh√£o e solidariedade, porque, como disse o Apóstolo, referindo-se à Igreja, "quando um membro sofre, todos os membros participam do seu sofrimento; se um membro é honrado, todos os membros participam de sua alegria" (1Cor 12, 26)".

Entenda o caso dom Alberto Taveira

No dia 04 de dezembro, o arcebispo metropolitano de Belém do Par√°, dom Alberto Taveira Corr√™a, fez um pronunciamento pelas redes sociais para se defender de "acusa√ß√Ķes de imoralidade". Segundo o texto e vídeo, ele é alvo de investiga√ß√Ķes que correm em segredo de Justi√ßa. O arcebispo também revelou que o caso est√° sendo acompanhando pela Santa Sé.

Dom Alberto Taveira é o décimo arcebispo de Belém e est√° no governo desde 2010. No texto, divulgado em vers√Ķes para os padres, di√°conos e outro para fiéis, o arcebispo revela que recebeu uma "visita" para investigar o caso e resolveu tornar público o fato.

"Fui acusado de crimes de ordem moral, sem que me tenha sido dada a oportunidade de ser ouvido. Foram denúncias enviadas à Santa Sé, que provocaram uma Visita Apostólica, encerrada nesta semana; foi instaurado um processo em curso junto às autoridades civis".

"Lamento que os pretensos acusadores tenham optado pela via escandalosa, com circula√ß√£o de notícia na mídia nacional, sem as devidas apura√ß√Ķes dos fatos, ao que tudo indica, visando causar danos irrepar√°veis à minha pessoa e provocar abalo na Santa Igreja", declarou o arcebispo, concluindo que confia em sua inoc√™ncia.

Assista ao vídeo

Nota da Arquidiocese de Belém sobre a reportagem do Fant√°stico

"A Arquidiocese de Belém reitera ao povo de Deus, com transpar√™ncia e serenidade, que est√° acompanhando as investiga√ß√Ķes em curso, com a certeza e a confian√ßa de que, ao final, prevalecer√° a verdade.

Informa ainda que, devido ao sigilo imposto e em respeito às leis, n√£o pode divulgar mais informa√ß√Ķes.

Este é o momento de renovar o nosso senso de comunh√£o e solidariedade, porque, como disse o Apóstolo, referindo-se à Igreja, "quando um membro sofre, todos os membros participam do seu sofrimento; se um membro é honrado, todos os membros participam de sua alegria" (1Cor 12, 26)".

Por fim, pede à comunidade dos fiéis que continue a rezar pela Igreja, por intercess√£o da Santíssima M√£e de Deus, a Virgem Maria, para que n√£o desanimemos diante das prova√ß√Ķes pelas quais estamos passando".


Fonte: Portal Dom Total
Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

Pará1

© 2021 Pará1 - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Pará1